A expressãoficar a ver navios” está associada a expectativas frustradas e desilusão, mas, na Ria Formosa qualquer caminho é uma grande oportunidade de desfrutar de um cenário paradisíaco. A origem desta expressão remota entre outras hipóteses, a esperança do povo português em ver o seu rei Dom Sebastião, morto em batalha no Marrocos, voltar em meio ao nevoeiro. Diz-se que o povo subia ao ponto mais alto em Lisboa e ficava a observar o mar na esperança de ver o seu regresso, mas, tudo que viam eram navios a passar.

Etapa 2
|Cabanas de Tavira – Ilha de Tavira| 23 km  

Entre o mar e a Ria Formosa, os grandes bancos de areia formam ilhas encantadoras. A primeira está em Cabanas de Tavira e o nosso objetivo era cruza-la chegando a Ilha de Tavira, mas, não conseguindo informações seguras sobre as possibilidades de travessia, optamos por seguir o nosso plano cruzando-a esta faixa de areia de aproximadamente 70 metros de largura e 7 km de cumprimento. Mas, esta escolha nos deixou a ver navios”, pois não havia embarcações de travessia e nenhum serviço particular se dispunha a fazê-lo. No entanto, não havia como ficarmos frustrados pela bela paisagem que vimos e os momentos que vivemos retornando a Cabanas entre um mergulho e outro nas suas águas tranquilas e areias praticamente desertas para alcançarmos a ecovia, passando pelas salinas e Tavira, onde há serviço de travessia para a Ilha.


Praia de Cabanas de Tavira, Ria Formosa, Algarve

Salinas, Ria Formosa, Algarve

O acesso à praia é feito pelo serviço de travessia que percorre uma curta distância por entre barcos de pesca ancorados, a observar os trabalhadores recolhendo uma iguaria muito apreciada para petiscos na zona húmida das margens, mas que corre risco de extinção, os caranguejos-violinistas.

Como já vimos no primeiro dia, passar as barras marítimas é o grande desafio da caminhada nessa região. Mas os desvios nos rende boas histórias ou lendas para conhecer, em Tavira a ponte romana que delimita a fronteira de um único rio com dois nomes que guarda uma lenda que deu origem aos nomes do rio, Gilão e Séqua.

A travessia para Ilha de Tavira pode sair caro se as histórias e encantamentos de Tavira o entreterem por demais, esteja atento aos horários de saídas das embarcações municipais.

Conheça todas as ilhas da Ria Formosa nessa nossa caminhada pela Costa Sul de Portugal.

Cabanas de Tavira, Ria Formosa

Salinas, Algarve

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

GuardarGuardar

Veja no mapa, a rota completa de nossa viagem a pé pela Costa Portuguesa

    Encontre aqui a melhor hospedagem para sua viagem e faça a reserva pelo nosso site.
    Booking.com