Imponentes falésias dão o tom do que vem pela frente nesta parte do Algarve denominada, Barlavento.
Palco de partidas das grandes navegações portuguesas, as cores e os ventos que sopram nesta região, refletem a força dos navegadores que partiram desbravando os mares nunca dantes navegados…

|Etapa 8
|Quarteira – Albufeira | 30 km

Desde a Foz do Guadiana, caminha-se serpenteando entre praias e ilhas formadas pela Ria Formosa. No Barlavento este cenário dá lugar a altas falésias mudando o desafio de uma caminhada à beira-mar. 

Caminhar no alto de uma falésia vendo o mar a bater  na sua base, é um cenário que pode desmotivar os que sofrem de vertigem. Mas, as formas que se vê da extensão de areia da praia e a vista do alto das falésias, podem motivar a superação.

As esculturas naturais com variados tons e cores nos trouxe de volta a poesia. Ora uma parte, ora outra parte. 

– Olha! Acho que vi um peixe – E a menina se perdia nos encantamentos e tons daquela natureza.

-Onde?

– Ali… Já não está… 

Praia-do-Alfamar---Algarve
Uma-soneca-na-praia-do-Almargem---Quarteira
Praia-do-Poço-Velho---Algarve

O turismo estrangeiro é tão intenso nesta região que por vezes, causa “estranheza”  a alguns atendentes ouvir  a pronúncia portuguesa. Por distração que a beleza do mar provoca ou talvez o excesso de calor, às vezes é preciso contar com alguma sorte mas,  sempre há alguém que não se distrai e faz do seu oficio uma forma de amar os outros e dar-nos a certeza de não se ter cruzado o oceano e que, afinal isso ainda é Portugal. 

Praia-da-Faléia---Algarve
Lagoa-junto-ao-mar,-Quarteira--Algarve
Praia-da-Falésia-(Praia-do-Barranco-das-Belharucas)

Veja no mapa, a rota completa de nossa viagem a pé pela Costa Portuguesa

    Encontre aqui a melhor hospedagem para sua viagem e faça a reserva pelo nosso site.
    Booking.com