Um lugar sagrado, testemunho do tempo, guardador de segredos e portais mágicos… Sagres, o lugar sagrado. Promontório de agressiva beleza e austera monumentalidade, envolto em profundo simbolismo, esculpido por impiedoso vento que ao passar entre as escarpas, desperta alucinadas vozes de deuses esquecidos, heroicos navegadores e aventureiros perdidos.

|Etapa 15
|Cabo de São Vicente, Sagres – Vila do Bispo | 25 km

A curva no mapa significa um cenário de paisagens paradisíacas em meio a uma vegetação forte, resistente a maresia e ao vento constante. É preciso ter atenção ao caminhar no terreno hostil à beira das altíssimas arribas.

O vento é imponente e a força das aves nos lembram a “Procelária” da poetisa, (Sophia de Mello Breyner Andresen). A vista do farol de Aspa, vale o desvio antes de chegar a Vila do bispo, que não possui parque de campismo e a sua pernoite poderá depender do fluxo de turista na região.

Caminhar conduz-te à aventura das descobertas pela natureza e te faz viajar junto com a História e os conhecimentos. 

As marcações da Rota Vicentina, Trilhos dos Pescadores  entre outras pequenas rotas circulares se misturam ao início da GR11 E9, uma Grande Rota que segue de Portugal à Rússia.

A partir de Sagres o pôr do sol aumenta o seu grau de espetáculo, coroando o fim do dia por toda a costa. 

Sagres,-Rota-Vicentina,-3
Sagres,-Rota-Vicentina,-2
Sagres,-Rota-Vicentina-3
Cabo-de-São-Vicente,-Rota-VICENTINA

Veja no mapa, a rota completa de nossa viagem a pé pela Costa Portuguesa

    Encontre aqui a melhor hospedagem para sua viagem e faça a reserva pelo nosso site.
    Booking.com