O trilho dos pescadores, é um percurso pedestre da Rota Vicentina à beira mar de aproximadamente 259 km ao longo do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina. Assim, sendo um percurso naturalmente marcado pelos passos dos pescadores, o Trilho dos Pescadores proporciona uma relação estreita entre o mar e a vegetação, mediterrânea, norte-atlântica e africana, ao longo das falésias com vistas de cortar a respiração.

onde começa o trilho dos pescadores

Considerando que o Trilho dos Pescadores está marcado nas duas direções e é de fácil orientação, o caminhante pode eleger não apenas o ponto de partida que melhor lhe convier. Como por exemplo Lagos, no distrito de Faro com suas concorridas praias, seguindo em direção a Porto Covo. Como também Sines, terras do Navegador Vasco da Gama e importante porto da Europa cercado por belíssimas praias como a Praia de São Torpes onde encontrar-se as marcações do trilho.

o percurso

Nós já percorremos tantas vezes o Trilho dos Pescadores que é impossível esconder nossa paixão por este percurso, nesse sentido o aspecto mais marcante do Trilho dos Pescadores na Costa Vicentina é a paisagem natural com cheiro a mar sob terreno arenoso e vegetação arbustiva rasteira, desde o alto de falésias à paradisíacas praias arenosas. Sem dúvida, um cenário perfeito para os amantes de caminhada na natureza.

hospedagem no trilho dos pescadores

A respeito de onde dormir a Costa Vicentina é rica em variados tipos de hospedagem, por isso disponibilizámos uma lista de alojamentos por etapa e o link para busca na região com todas as opções desde Pousadas da Juventude a alojamentos locais, Herdades, Hostels e Hotéis. Nesse sentido, gostaríamos de esclarecer que ao clicar nos nossos links de alojamento ou busca no Booking não lhe é cobrado nenhum acréscimo, mas é muito importante para nós. Por isso agradecemos sua colaboração para a continuação do nosso blog.

DCIM100MEDIADJI_0074.JPG
Falésias rota vicentina
DCIM100MEDIADJI_0349.JPG
as etapas

No Trilho dos Pescadores toda a beleza do cenário é um convite à liberdade, um respirar fundo sentindo os aromas do mar e da vegetação, uma sucessão de mergulhos até se fartar ao mesmo tempo que pores-do-sol tão cinematográficos e o céu de noite estreladas quase hipnotiza.

Contudo por mais convidativo que seja o cenário, é importante saber que, assim como em todo território português, é proibido acampar no Parque Natural do Sudoeste Alentejano. Assim sendo, nossas etapas foram percorrida com foco nas localidades que possuem parques de campismo para melhor orientar aqueles que não abrem mão de umas noites na tenda.

Além disso, todas as etapas do Trilho dos Pescadores estão gravadas em videos, o que facilita definir a melhor estratégia de progressão.


👣 25 km

Lagos – Salema, Etapa 1 | Trilho dos Pescadores

Antes de tudo é bom saber que Lagos é uma cidade importante na História da navegação portuguesa não apenas no passado quando tudo apontava para o mar. Como também no presente, como ponto de partida ou chegada do Trilho dos Pescadores na Rota Vicentina.

Em segundo lugar, no que diz respeito a etapa entre Lagos e Salema, salientamos que as paisagens são de cortar a respiração. De forma que é impossível ficar indiferente às formas esculpidas pelo mar e pelo tempo criando um cenário paradisíaco, composto por rochedos recortados, de cor ocre em contraste com o azul esverdeado da água do mar que abriga praias como a Praia de Dona Ana e a Praia do Camilo.

Além disso há na a praia da Ponta da Piedade, eleita por um jornal americano como a praia mais bonita do mundo.

Depois de tantas sedutoras praias, em Burgau, entramos efetivamente no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, onde a natureza preservada tem um caráter forte e selvagem que se traduz em paisagens de imponência deslumbrante.

Trilho dos Pescadores , Etapa de Lagos a Salema

Lagos | 0km
Camping Trindade
Pousada da Juventude
3 Maria’s Guest House
Hospedagem no caminho de Le Puy
Praia da Luz | 11 km
Orbitur Camping Park – Valverde
(1,5 km da praia)
Hospedagem no caminho de Le Puy
Salema
Salema Eco Camp – Surf & Nature
(1,5 km da praia)
Hospedagem no caminho de Le Puy


👣 25 km



👣 32 km

Salema – Sagres, Etapa 2 | Trilho dos Pescadores

Nesta altura estávamos prestes a concluirmos o trajeto sul do Algarve na caminhada “Tanto Mar”. Por isso, entre encontros e despedidas, a saudade já apresentava sintomas. Pois depois da curva do Cabo de São Vicente as águas se agitam com mais vigor na paisagem aberta do Atlântico.


“A saudade e o fim da tarde, é olhar o mar…
Estamos há espera do que há-de vir”



Ainda sob a brisa dos ventos do sul, nos deparamos com vestígios arqueológicos das pegadas de dinossauros na Praia de Salema. Enquanto, mais à frente, uma pequena praia nos lembra uma das obras de José Saramago, na praia de uma mulher de 7 luas e um homem de 7 sóis, a Praia de Blimunda e Baltazar personagens do livro Memorial do Convento.

Desta forma alcançamos o Cabo de São Vicente e seguimos a bússola na direção norte, pela Costa Vicentina, ainda a refletir sobre as palavras de um amigo:

O tempo é uma imaginação nossa… É por isso que nós perdemos a liberdade de pensar e sermos livres, vivemos no quantitativo e não vivemos no qualitativo. Por isso é que não temos vagar para coisa nenhuma…

CHICO SERPA
Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Lagos-Salema
Trilho dos Pescadores , Etapa de Salema a Sagres



👣 32 km

👣 25 km

Sagres – Vila do Bispo, Etapa 3 | Trilho dos Pescadores

É curioso perceber que o nome Sagres deriva da palavra “sagrado”. E ainda mais, que em tempos antigos este promontório ocidental, para lá das colunas de Hércules, era conotado com o mundo lunar infernal e da morte. O mundo das trevas comparado, tal qual, como uma entrada num mundo fantástico e mítico, povoado de monstros, onde a natureza é inóspita e onde Saturno impera. 

Seja como for, Sagres carrega a importância de um local de estudos sobre métodos de navegação, astrologia, além de de ser um dos principais pontos de partida para os descobrimentos portugueses.

Sagres não só é ponto de passagem, ou partida, para percursos pedestres não apenas da Rota Vicentina, Trilho dos Pescadores como também da Grande Rota Europeia, a GR 11 E9, que segue até São Petersburgo, na Rússia.

Sem dúvida, uma característica importante desta etapa é a força do vento e o terreno inicialmente acidentado no topo da falésia de onde apreciamos o recortado deslumbrante da paisagem. Depois disso, uma estrada de terra batida conduz a Vila do Bispo. Contudo, vale reservar algumas forças para contemplar a vista na Torre de Aspe.


Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Vila do Bispo - Sagres
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Sagres a Vila do Bispo

👣 25 km




👣 28 km

Vila do Bispo – Carrapateira, Etapa 4 | Trilho dos Pescadores

Partindo de Vila do Bispo seguimos por um Trilho Ambiental, ou seja uma pequena rota, cercada de pinheiros mansos que conduz à extensa Praia do Castelejo
Dessa forma, caminhamos pelo areal e depois continuamos na linha de costa num percurso sinuoso, de vegetação agreste e terreno exigente, voltando a encontrar o percurso marcado como Trilho dos Pescadores, na Praia do Amado, já na Carrapateira.

A Carrapateira é conhecida por suas praias, sobretudo pelos amantes do surf, mas seus encantos inclui contemplar o cenário rochoso e o sitio arqueológico de um antigo Povoado Islamico Sazonal de Pescadores.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Vila do Bispo - Carrapateira
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Vila do Bispo a Carrapateira




👣 28 km

👣 22 km

Carrapateira – Arrifana, Etapa 5 | Trilho dos Pescadores

Embora tenhamos iniciado este dia de caminhanda pelo belo areal da Praia da Carrapateira, o percurso é maioritariamente entre falésias, pesqueiros e relevo de altimetria alternada, até à Praia de Vale Figueiras. 


Dali até à Praia do Canal, esperamos a maré baixa e seguimos sobre seixos rolados cheios de limo, numa caminhada que só é possível quando iniciada no momento exato de início de maré baixa. 


Sem dúvida que a caminhada do dia foi exigente, mas a natureza recompensou desde o primeiro ao último passo, culminando em mais um esplendoroso pôr do sol.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Carrapateira - Arrifana
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Carrapateira a Arrifana

👣 22 km

👣 18 km



Arrifana – Aljezur, Etapa 6 | Trilho dos Pescadores

Neste desafio de seguir a linha costeira, além da dependência das marés, enfrentamos desníveis acentuados, encostas e terrenos instáveis que exigiu muita atenção e esforço. Contudo, conduziu-nos a recantos normalmente só utilizado por pescadores e moradores locais. Assim, logo à saída da Arrifana, seguimos em meio à vegetação agraste em constantes altos e baixos de terreno pedregoso até à Praia da Amoreira. Depois de passarmos pela Praia de Monte Clérigo alcançados por uma curiosa passagem entre quintais e varandas.
 
Todavia, antes da conclusão da caminhada do dia, ainda nos faltava um desafio, atravessar as doces águas da Ribeira de Aljezur na maré alta…Um desafio que exigiu ajuda para vencê-lo.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Arrifana - Aljezur
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Arrifana a Aljezur

👣 18 km





👣 28 km

AljezurOdeceixe, Etapa 7 | Trilho dos Pescadores

Neste tipo de caminhada é natural pernoitar em parques de campismo, nossa opção pela costa portuguesa. Contudo, se há uma característica marcante neste tipo de hospedagem certamente é o convívio. Algo que facilmente transforma-se em festa, sobretudo, quando encontra-se uma turma muito especial.

E foi com essa energia que seguimos pela última etapa na região do Algarve, já que Odeceixe delimita a fronteira entre as regiões do Algarve e Alentejo. Um tramo de exigência costumeira, mas que retribui generosamente o esforço. Como, por exemplo, a passagem por praias como a Praia da Carreagem e a Praia do Vale dos Homens.

Em outras palavras, e como já dizia o poeta: 

Qualquer caminho leva a qualquer parte…Ir é ser. Não parar é ter razão.

FERNANDO PESSOA

Por isso, além de seguir connosco nessa caminhada, pensamos que vale a pena ouvir o concelho dessa turma e subscrever o nosso canal, compartilhar, deixar “joinha” e comentar os nossos videos.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Odeceixe - Aljezur
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Aljezur a Odeceixe



👣 28 km






👣 20 km



Odeceixe – Zambujeira do Mar , Etapa 8 | Trilho dos Pescadores

Então, concluída a travessia pela linha costeira do Algarve, deste ponto a diante seguimos pelo Alentejo. Numa etapa que é em simultâneo  ponto de partida, ou fim do trajeto de caminhada, para quem segue o Trilho dos Pescadores. Encontrando também com os que preferem começar a caminhada em Lagos ou Sagres.


Por isso, esta foi uma etapa de encontrarmos com muitos caminhantes vindos das mais diversas partes, os nossos Beetles, que significa, “besouros da espécie que caminha por trilhos”. Como por exemplo, os italianos do Discovering Reventino, da região da Calábria.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Odeiceixe - Zambujeira do Mar
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Odeceixe a Zambujeira do Mar






👣 20 km





👣 24 km

Zambujeira do Mar – Almograve, Etapa 9 | Trilho dos Pescadores

Bem como diz uma canção, ao caminhar neste percurso pedestre de ambiente natural, ocorre-nos a pergunta, “Você tem fome de que?

E da mesma forma que a canção pergunta, também responde por nós:

“A gente não quer só comida
A gente quer saída para qualquer parte”


Afinal é preciso nutrir o corpo e a alma.

Assim sendo, tanto para o corpo como para a alma, não falta alimento na Costa alentejana. Em Cabo Sardão, por exemplo, desfrutamos o arroz de tamboril e depois seguimos a descobrir recantos com dicas de quem vive na região como, a Praia da Laguinha e a Praia do Cão com direito a passagem secreta. Além das belas cores do entardecer.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Almograve - Zambujeira do Mar
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Zambujeira do Mar a Almogrve



👣 24 km


👣 15 km

Almograve – Vila Nova de Mil Fontes, Etapa 10 | Trilho dos Pescadores

E nada melhor que despertar com um convite inegável para um mergulho, antes de iniciar a caminhada. É assim em Almograve de onde partimos seguindo por belíssimas praias e desfrutando da melhor parte de qualquer caminho, o percurso.

Contudo, um passo após o outro, a Costa Vicentina segue surpreendendo e encantando. Pois ainda nas proximidades de Almograve, piscinas naturais nos detém para mais alguns mergulhos. Enquanto, mais a frente, saboreamos uns frutos silvestres da região – as “camarinhas” – e depois seguimos entre encontros e descobertas por praias, quase, só nossas.

Assim, chegamos ao final do dia, para a travessia de barco do Rio Mira para Vila Nova de Mil Fontes, em alternativa à passagem pela ponte rodoviária.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_Almograve - Vila Nova de Mil Fontes
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Almograve a Vila Nova de Mil Fontes


👣 15 km

👣 22 km

Vila Nova de Mil Fontes – Porto Covo, Etapa 11 | Trilho dos Pescadores

Neste que é o último tramo do Trilho dos Pescadores, partimos desde a Praia do Farol em Vila Nova de Mil Fontes, onde milhares de pedras empilhadas na areia criam uma incrível galeria de arte improvisada ao ar livre.

Seguimos então, em direção a Porto Covo vivenciando experiências que só as longas horas ao ar livre em contato com a natureza permite. Como conhecer pessoas de diferentes culturas e idades pré dispostas a ultrapassar as suas próprias barreiras, como por exemplo, Gabrielli e Júlia que vieram da Itália para seguir o trilho na direção oposta. E, na manhã seguinte, Damien, um jovem francês que caminhava em busca de inspiração e coragem para pôr em prática seus sonhos.

Assim, naturalmente o tema do dia foi sobre acreditar, sobretudo, que é possível voar. Algo que até parece fácil quando se observa gaivotas do alto de lindas falésias, tendo o céu e o mar encontrando-se no horizonte como cenário de fundo.

Mas, quando realmente se quer tirar os pés do chão, não há terra firme capaz de segurar. Então, seguimos a intercalar mergulhos pelas praias do Malhão e dos Aivados, concluído o percurso na Praia da Ilha do Pessegueiro, com a benção do astro rei a iluminar o cair da tarde no habitual espetáculo, o pôr do sol na costa alentejana.

Trilho dos Pescadores, Rota Vicentina_Etapa_ Porto Covo - Vila Nova de Mil Fontes
Trilho dos Pescadores , Mapa da Etapa de Vila Nova de Mil Fontes a Porto Covo

👣 22 km

Depois de Porto Covo o Trilho dos Pescadores segue marcado até a Praia de São Torpes, onde termina, assim como o Parque Natural do Sudoeste Alentejano. E apenas 7 km depois está a terra do navegador Vasco da Gama, Sines, uma cidade que merece a visita e pode ser um ponto de partida ou chegada da caminhada. Da mesma forma, quem pretende seguir até Santiago de Compostela pode optar por seguir caminhando pela praia desde Sines até Tróia.

Por isso não deixe de ver os posts:

Por fim, mas não menos importante sempre que possível reserve sua hospedagem com antecedência, e para isso encontre aqui a melhor opção de hospedagem na Costa Vicentina para si. Além disso para evitar dessabores em qualquer viagem não se esqueça de fazer um seguro de viagem, nesse sentido nós indicamos a IATI Seguros ou a World Nomads.

1