Casar ou comprar uma bicicleta? Esta é uma expressão muita vezes usada para ilustrar decisões antagónicas. Mas seria casamento e bicicleta incompatíveis? Pois nós não pensamos assim, e por isso partilhamos um caminho que soluciona a questão. O que significa dizer, uma bicicleta tandem.

o que é uma bicicleta tandem

Basicamente, tandem é um tipo de bicicleta operada por mais de uma pessoa. E sendo esta a nossa escolha para viagens de longas distancias, como na travessia por Marrocos desde Portugal. Desta forma, não apenas chegamos ao deserto do Sahara, como também percorremos 10.000km numa viagem entre Portugal, Espanha, França e Itália.

a respeito dela

Contudo, entre as perguntas que nos fazem sobre este tipo de viagens, destacam-se “porque escolhemos uma tandem bike para viajar?” e  “como é pedalar uma tandem bike?”. Por isso, decidimos partilhar os motivos que nos fez eleger a bicicleta tandem como grande companheira de viagem.

Sendo assim, segue pedalando connosco neste post, numa viagem desde as “alianças” ao “cale-se para sempre”, descobrindo assim que esta bicicleta é um verdadeiro casamento.

as alianças

Antes de tudo, é preciso entender que a origem do termo “tandem” refere-se a um alinhamento de máquinas, animais ou pessoas na mesma direção. Portanto, podemos definir a tandem como: um grupo de pessoas sobre um objeto, trabalhando juntos e na mesma direção, com o intuito de fornecer força de tração.

Ou seja, uma verdadeira aliança em prol da progressão.

Tandem bike, eurovelo 8

o noivado

No entanto, é necessário dizer que se a pergunta sobre “Casar ou comprar uma bicicleta” ronda a cabeça, é sinal que já há namoro. É então hora de assumir um compromisso.

Ainda assim, dúvidas como: “Dará certo?, “Será uma pedalada difícil? são perfeitamente compreensíveis. Afinal, é necessário ter em conta que trata-se de dois corpos conectados, desenvolvendo movimentos simultâneos e em sincronia. De forma semelhante a uma dança a dois.

Por causa desses conformes, dancei.

Dancei, Martinho da vila
Via della Costa, Santiago - Roma de bicicleta, Génova
Via della Costa, Santiago – Roma de bicicleta, Génova

hora do baile

Ao passo que as posições dos dois pilotos da tandem são definidas como: piloto da frente/capitão e piloto de trás fogão/foguista, suas atuações se assemelham às de cavalheiro e dama, na dança de salão. E, tal qual na dança, cabe ao piloto da frente tomar as decisões dos movimentos, enquanto a piloto de trás, manter-se atenta aos movimentos do outro. É também o piloto da frente quem decide os passos a serem executados e conduz o conjunto. Bem como, cuida e protege a piloto de trás de forma que sinta-se seguro e evita colisão com outros pares. 

Assim, a comunicação, subtil e direta do par, aliada a perfeita compreensão de suas posições em sintonia e na mesma cadencia, transporta-os pelo terreno em perfeita harmonia. 

Contudo, não há posições definidas em concordância com o género. Como resultado, a posição de cada membro da equipa é definida de acordo com suas características individuais. Sendo uma equipe mista, por exemplo, nada impede que seja a mulher a assumir a posição de capitão. Pois, nesta montaria, não existe definição ou limitação associadas a género.

Viagem de bicicleta, tandem bike, Alentejo - Portugal
Alentejo, Portugal – Giro Europa

união de facto

Ao mesmo tempo que o uso da bicicleta constitui um estilo de vida verde, a tandem resulta como uma solução simples, para o problema de diferentes níveis de aptidão em família.

Considere, como exemplo, companheiros que não conseguem acompanhar, ou estar lado a lado, em bicicletas únicas. Em casos assim, é provável que a atividade não signifique um exercício satisfatório. De tal maneira que a ideia de pedalar seja desgastante, desmotivar ou impedir novas investidas neste tipo de atividade. O que muitas vezes resulta em bicicletas abandonadas num canto da garagem. Com efeito, a tandem traz equilíbrio à questão e não deixa ninguém para trás, tornando-se em uma fonte de aventura, exercício e diversão coletiva.

a força da união

Entretanto, quando os dois possuem paixão pelo ciclismo, esta união transforma-se em uma divertida forma de superar marcas individuais e ir mais longe. Principalmente em terrenos planos e descidas, onde é mais fácil conjugar aptidões e técnicas, alcançando melhor performance. Pois, inegavelmente a bicicleta tandem atinge velocidades superiores a uma bicicleta individual. Posto que, por exemplo, a incidência do vento sobre uma única bicicleta é facilmente vencida para a pedalada de dois pilotos e suas quatro pernas.

Sob o mesmo ponto de vista, são as subidas que se exigem mais desta união, num aperfeiçoamento constante e evolutivo. Sendo o peso e a força da gravidade, grandes adversários da equipa, numa atividade onde é fundamental conjugar a cadencia da pedalada, sem a ginga que uma bicicleta única permite e facilita. Em outras palavras, é preciso mais força nas subidas.

Ao mesmo tempo, na técnica de partida o foguista aplica potencia enquanto o capitão estabiliza o conjunto. Evidenciando o conceito de que os pilotos cumprem papeis distintos e se complementam, fornecendo um, o que para o outro pode não ser o ponto forte.

Montanhas, caminho de Arles, GR 653

pilotando o fogão

Na divisão de tarefas é comum a posição do foguista ser subestimada. Sem dúvida, é o piloto da frente quem determina as manobras, como também tem a responsabilidade de conduzir e manter tudo bem com a equipa. Mas, da mesma forma, cabe ao piloto traseiro funções importantes, simultaneamente a pedalada, quer no apoio de navegação e logística, itens importante, sobretudo, em longas viagens onde a variações de clima, terreno e estado de espirito influenciam no rendimento e de forma particular a cada um. Ou mesmo, ao ler mapas e até providenciar bebidas e comida, possibilitando horas seguidas a pedalar sem muitas paragens.

Todavia, se por um lado o capitão detém a visão frontal e está sempre preparado para os desníveis de terreno ou imprevistos. Do outro, o foguista com a ausência dessa visão, goza em alternativa de uma posição privilegiada que lhe permite desfrutar e observar o ambiente de forma particular. Permitindo, por exemplo, apurar seus pensamentos, elocubrar algumas ideias, com as mão mais livres para fotografias e filmagens.

Então, concluímos que pilotar o fogão é uma questão de organização e cooperação, em concordancia com as aptidões de cada um.

Via Aurélia, França de bicicleta, Frejus

cumplicidade

Conforme podemos ver, o individualismo não tem vez em uma bicicleta tandem e, consequentemente, a pouca comunicação fica de fora nesse passeio, ou viagem. De forma que torna-se fundamental a boa comunicação do capitão. Possibilitando ao foguista reagir positivamente em terrenos acidentados, movimentos bruscos e sobretudo imprevistos, se consideramos sua visão restrita da pista. 

Assim, a cumplicidade e comunicação entre o piloto e o foguista, melhora a cada dia. Ao ponto da linguagem corporal dispensar muitas palavras, atingindo fabulosos resultados. E tudo correndo bem, sobra tempo para conversar, contar piadas e até cantarolar algumas canções, marcando positivamente os momentos e os laços afetivos.

sem fronteiras

Outra consequência imediata do uso da tandem é o de promover a vida social e familiar. Isto é, como todo o trabalho é feito em equipa e com partilha mútua, ela encurta distâncias e é uma excelente ferramenta na inclusão social.  Deficientes visuais, por exemplo, podem desfrutar dos benefícios da pedalada na companhia de alguém que ama e em pé de igualdade.

De forma semelhante, os bons resultados da atividade física une-se à questão tornando atractiva a pedalada. Que, sendo a dois, contribui como incentivo mútuo na regularidade do exercício.

Por fim, acrescentamos outra característica importante da tandem, que está no facto de que em viagens para países estrangeiros, ou ambientes desconhecidos, ela diminui de forma significativa a insegurança e vulnerabilidade. Nesse sentido, a bicicleta tandem foi uma grande aliada em nossa viagem por Marrocos.

  • Via Francigena, Itália de bicicleta tandem
  • Caminho Sanabrés, Espanha de bicicleta tandem
  • Viagem a Marrocos de bicicleta tandem
  • Viagem de bicicleta tandem, Riviera Italiana
  • Viagem de bicicleta, Toscana - Itália
  • Via Francigena, Itália de bicicleta tandem, estrada romana
  • Viagem de bicicleta tandem, Itália
  • Viagem de bicicleta tandem, Provence - França
  • Estrada romana, Caminho Português Interior de Portugal
  • Viagem de bicicleta tandem, Chaves - Portugal
  • Viagem de bicicleta tandem, Espanha
  • Conhecer Marrocos de bicicleta tandem

hora do sim

Tomada a decisão, é então chegada a hora de eleger um modelo ideal para a aventura. É importante ter em conta que os diferentes modelos e marcas que há no mercado, tem uma razão de ser e interfere nos preços.

Primeiramente vamos falar dos modelos de bicicletas tandem com a finalidade de lazer. Trata-se de modelos que podem apresentar um design direcionado para a família, com ajustes fáceis e rápidos para os variados tipos de tamanhos.

Logo depois, estão os modelos direcionados para o turismo de aventura. Estes já não permitem tantos ajustes, por possuírem design e configuração voltada para uma melhor performance. Logo, exige medidas especificas a cada piloto, consequentemente, define previamente as posição que não são alteráveis. Neste caso, algumas marcas disponibilizam apenas medidas genéricas, já outras, dispõem de diferentes medidas, a serem eleitas, de acordo com as características de cada piloto.

Nós começamos ensaiando alguns passeios com bicicletas alugadas. Em seguida compramos uma tandem e iniciamos nossas viagens de aventura com um modelo da Órbita Bikes, uma tandem cidadina que possui apenas uma medida genérica de quadro. Com ela viajamos do Sul de  Portugal ao sul de Marrocos. Uma curiosidade a respeito disto é que hoje esta tandem pertence a um amigo e com ela desfruta de passeios na companhia de suas filhas. Já que adquirimos uma outra bicicleta com medidas mais especificas a cada piloto e possibilidade de ajustes mais adequados para viagens de longas distâncias. da marca Drossinger.

Canal du Midi, Toulose, Caminho de Arles, França, Caminho de Santiago

fale agora ou cale-se para sempre

Enfim, são muitos os motivos que fazem da tandem um casamento perfeito, de forma que o pedal a dois e dias felizes constroem uma bonita história. Contudo, nada pode ficar por dizer, por isso, antes de tomar qualquer decisão é importante saber que:

  • É impossível passar desapercebido sobre uma bicicleta tandem.
  • Ela despertará sorrisos e muitos comentários.
  • Egoísmo e individualismo não tem espaço nesta relação.
  • O capitão desenvolve grande capacidade de liderança.
  • Enquanto o foguista aprende e descobre os benefícios de confiar.
  • E que tudo isso vai mudar sua vida e para sempre.

Finalmente, sugerimos que veja nossas viagens em nossa tandem bike e acompanhe nosso blog. E se tem algum algum amigo em dúvida sobre casas ou comprar uma bicicleta, partilhe com ele este post e siga connosco, por aí, olhando o mundo e as pessoas com um pouco mais de calma.


7